Um sonho sobre você, ou nós


Essa madrugada sonhei com você, e foi o mais real que tive até o dia de hoje. Consegui sentir seu toque, seu cheiro, sentir teu gosto [...]

Não preciso de entrar em detalhes sobre como foi cada instante do sonho, nos conhecemos intimamente tão bem que às vezes é desnecessário tais detalhes, vamos deixar algo só entre nós dois. Já que tudo sempre englobou pessoas ao redor, seja por receio, seja apenas por privacidade. Talvez perdemos tempo demais pensando no que vão pensar, no que irão dizer, e também no que deveremos sentir.

Sonhei que estávamos indo para um lugar que não consegui de fato identificar, um lugar onde conseguíamos ser nós mesmo, onde não tínhamos que reprimir o que sentimos, o que queremos. O lugar ideal para sermos nós dois, e claro, isso não passou de um sonho, pois no dia a dia é cada um com sua rotina, cada um com seus desejos reprimidos pelo outro. Mas nem tudo pode ser um mar de rosas, é complicado no dia de hoje gritar a felicidade, é difícil ter conhecido você e ao menos poder dizer o teu nome em voz alta.

Mas não custa sonhar com nós dois em frente ao mar vendo o nascer do sol, mesmo que calados, mesmo que ninguém possa saber o que se passa, mesmo e apesar de tudo, só por ser você (nós) já estaria valendo a pena cada instantes. Não dá para explicar o efeito que ainda tem em mim, é incontrolável a reação do meu corpo ao teu toque, é involuntário as sensações só por pensar nos teus toques, tuas caricias, talvez deva parar por aqui, e voltar e sonhar nesse mundinho que criei, onde posso te desejar e gritar aos quatro cantos.



0 Comentários