In liberdade livre mulher Textos tumblr

Entre todos os desejos, ela escolheu ser livre


Entre tudo que ela poderia ter desejado ter na vida, a única coisa que ela fez questão de ter foi a tal liberdade. Foram anos e anos vivendo em uma prisão dentro dela mesmo, anos se reprimindo de ir atrás do que sempre quis, talvez ela sequer saberia dizer o que ela tanto quer na vida por se reprimir tanto igual fazia, passado.

Já que a vida não deu a ela as assas necessárias para voar, ela mesmo adquiriu um jeito de tirar o pé do chão sem ter que depender de nada, afinal, não queria sair de uma prisão para cair em outra. Ela é de riso fácil, encanta as pessoas a sua volta com facilidade e quando chega em um lugar sua presença é notada, talvez tenha traços de uma leonina, ou apenas seja carismática mesmo. Ela é de mente aberta, aceita o mundo como ele é, sem rotular, sem julgar, sem ao menos olhar para trás e ver o que deixou como rastro para essa tão diferente mente que tens.

Ela já deixou muita gente para trás, poucos consegue acompanhar o seu ritmo, talvez ela seja de outro seculo, outra década, ou até de outro planeta, ou até mesmo com a mente um pouco avançada para a idade que tens. Ela é de trabalho duro, não recusa trabalho, e nunca diz não. Muitos dizem que tens sorte, mas ela que faz a própria sorte, não deixa nada passar despercebido, está sempre atenda a olhares, gestos e palavras. É do tipo de mulher que sabe o que quer, e onde quer chegar, e jamais, repito, jamais irá medir esforços para conquistar o que almeja. 

Talvez seja por essa e outras que na sua vida tens tanto passageiros, pessoas que vem, desfruta de sua boa e leve energia e se vão... pra onde só Deus sabe, e se foram embora é porque estava na hora. Ela acredita muito no destino, e deixa ele nas mãos do grande criador, afinal, quem melhor do que o criador para saber o que é melhor para sua criatura?

Ela desejou a tal liberdade, e por bondade do destino ela conseguiu, e a partir de agora seu futuro apenas ao criador pertence.


Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário