O fim é doloroso, mas necessário


Uma última chance, foi a última chance para o que chamávamos de "nós". 
Não sei bem como começar dizendo que o fim foi inevitável, não sei como dizer que acabou algo que aqui dentro ainda queima forte quando escuta seu nome, mas que já não nos faz bem. Alguém me explica por que amar é tão difícil? Os contos de fadas a princesa sempre ficava com o príncipe, nos filmes românticos o casal sempre ficam juntos, tem filhos e até um cachorro, e por que na nossa vez tudo está sendo assim... diferente.

Você sempre dizia não acreditar em final felizes, pois se é final não é feliz. Então me diz, chegamos ao final? Pois você se foi e sequer disse adeus, eu que disse, mesmo em meio a lágrimas, te disse a-Deus, que é para Deus cuidar de você a partir de hoje, já que eu não poderia mais.

Doeu, doeu pra caralho! Mas nenhuma dor é eterna e não será essa que vai mudar isso. Te quis, me fiz, refiz, e mesmo assim você preferiu ir sei lá para onde, mas não me importa mais o rumo que a sua vida seguiu, segui a minha mesmo sem você, sem o seu abraço, sem  seu afeto. Afinal, qual o gosto do seu abraço que já não me lembro mais?

O fim é doloroso, mas é necessário para ter um recomeço, e hoje recomeço a minha vida sem você, sem o seu sorriso, sem o seu abraço, sem o seu carinho. E tudo bem, minha vida nunca se resumiu apenas em você.




Escolha mais um texto

0 Comments