Trecho da carta: Uma mulher apaixonada.


"Oi vida, como está? Espero que esteja bem, espero que tenha tido uma ótima noite. Primeiro queria pedir desculpa por todas as vezes que te fiz sentir a minha ausência, sendo que minha vontade era sempre de estar mais perto.

Não vou entrar no mérito de que não sou perfeita e blá-blá-blá, isso você já esta cansado de saber, também não direi que o amo, tento te provar isso a cada dia que passa, mas hoje, com essa carta, te falarei algo que você sabe, mas que não tenha saído da minha boca nenhuma vez, afinal, o obvio precisa ser dito.

Desde que te conheci, ainda nas brigas, ainda nas cobranças sem compromisso algum, eu de alguma forma sabia que era você o tal do amor,não me pergunte porquê, mas eu sentia isso. Nunca fui de dar explicações d nada a ninguém, espirito livre sabe? Mas o meu espirito livre encontrou você, e ele viu em você algo que em nenhum outro ele tinha conseguido enxergar. Brigamos muito, somos iguais em várias coisas, e outras, bom, em outras se existir algo mais profundo que "opostos" somos isso, mas tudo bem, se fossemos iguais em tudo seria chato e ambos já teriam desistido. 
Não a acreditava muito em destino, e novamente veio você. Sinto por você algo tão forte que, eu que sei me expressar tão bem em palavras ainda sim fico perdida.(Ok, já estou chorando, não repare que o papel tiver manchado). Você é a pessoa que eu não imaginaria que fosse encontrar, nunca pedi príncipes encantados, sempre pedi alguém para somar, dividir, multiplicar, mesmo eu sendo péssima em matemática.

Esses dias escutei a musica do Luan Santana- te vivo, acho que talvez você não tenha escutado, e é impossível escutar ela sem lembrar de nós. -(me faz um favor, escute ela nesse instante, sei que vai sentir exatamente oque estou sentindo.)-

Talvez, só talvez, eu consiga te fazer sentir o que sinto apenas quando escuto sua voz, ou quando recebo uma ligação inesperada sua, são sete meses que tento entender o que é tudo isso que sinto, tudo isso que tenho vontade de gritar aos quatros ventos, tudo isso que sinto por você. 
Nesse exato momento você deve estar dormindo, e eu aqui, pensando em você, lembrando o som da sua respiração (com os olhos cheios de lagrimas).

Falar eu te amo é pouco por tudo que sinto, e por tudo que já vivemos, te digo hoje, pois o amanhã só a Deus pertence: Te vivo."






0 Comentários