Você sempre foi meu ponto de paz

terça-feira, junho 28, 2016


Ás vezes me pego com aquele sorriso bobo que sempre dava ao ver o seu olhar penetrante em minha direção. Ligo o ipad e logo toca uma musica que me lembra você, e então por alguns segundos viajo em planos que um dia fizemos para o meu hoje.

Foram tantos plano, tantos sonhos [...] Um dia também já foi dor, mas hoje eu apenas carrego no peito as lembranças boas, e confesso que dá até vontade de voltar no tempo e reviver cada segundo, cada instante que sorri ao seu lado. Ás vezes a vida é muito dura quando quer nos ensinar algo, e ao seu lado eu aprendi o amor, a paz, mas também aprendi a decepção e o um pouco de dor (talvez muita, mas isso não vem ao caso). Quando lembro do seu nome, do seu cheiro, eu ainda suspiro e sorrio, aquele sorriso de lado -meio tímido-, e por alguns instantes faço de conta que ainda está aqui, que ainda é o meu ponto de paz.

Tenho a vida inteira para preencher o buraco pequeno (enorme) que você deixou, mas é que na madrugada fria, é bom lembrar de você, bom lembrar de tudo que vivemos e cá entre nós, o que sou hoje foi graças as lagrimas e sorrisos que um dia você me proporcionou, e te esquecer é como querer esquecer uma parte de mim, por isso te lembro todas as manhãs quando acordo, e quando vou me deitar. Lembro que você sempre foi meu ponto de paz, e hoje... ah, hoje eu sou o meu próprio ponto de paz.

Calma! Respira fundo! Não quero que você volte, não pense isso, é um equivoco da sua parte. São apenas relatos de algumas lembranças que ainda tenho sobre quem você foi, pois se hoje me perguntarem quem você é, apenas irei sorrir e dizer: Não o conheço mais.


You Might Also Like

0 comentários