Hoje está fazendo mais um ano aqui no meu calendario

segunda-feira, setembro 01, 2014

"Não sou de acreditar no destino, mas com nós dois foi diferente."

Amor de adolescentes, aquele amor que deveria passar logo, mas não passou. Só em te ver, te escutar, e te sentir que volta tudo aquilo que lutei para guardar, é engraçado. Jurei que não sentiria nada além do que amizade, e sinto, e cá entre nós sentirei pra sempre.

Perto de você perco todo e qualquer senso, tento fugir, me esconder e até fingir que você é um mero desconhecido. Sou tola, mas sou mais tola ainda quando sei que está perto, e pior eu não sei por que, talvez seja amor. Por que será amor? Não sei, por isso sei que é amor. Você está longe de ser o cara mais perfeito e do corpo maravilhoso, mas foi o único que me faz suspirar e agir feito uma adolescente apaixonada, e talvez eu seja.

Faz um ano desde o meu último aniversário, faz um ano que olhei em seu olho e me declarei, e faz mais um ano que não superei. A famosa "lei de desapego" não funcionou, me entregar a outros braços também não, no final de tudo isso eu sempre parava nos seus braços, sempre parava no seu abraço, e cá entre nós não existe abraço melhor.

Poderia ser qualquer sentimento, por que foi ser justamente amor? Não sou de acreditar no destino, mas com nós dois foi diferente. Lembra como tudo começou? Já era amor e eu não sabia, e hoje que sei ainda é amor, porém nunca foi recíproco.

Não deveria ser um texto triste, mas é. Mas nada comparado a dor que senti ao te ouvir pela ultima vez.

You Might Also Like

0 comentários