Não tenho culpa se você não soube escolher


Entre todas, você escolheu ela. Não te culpo por não saber escolher, ainda mais quando sei que são meus traços que você procura em outras.

Não, não estou dizendo que sou a melhor do mundo, mas sei que sou a melhor para você, você que nunca quis admitir, seus amigos acham graça dessas aventuras que você anda tendo na missão de me esquecer, e quer saber? Você não vai.

Cada beijo, cada toque será de mim que você irá lembrar. Não deixe de ir nas festas por mim, já não me importo com sua presença e das suas aventuras de um dia, mas não se incomode se eu beber o drink mais caro, dançar até talo, e pegar o cara mais gato, afinal, uma mulher dessa não fica sozinha, bom, só se ela quiser, e quer saber o que quero?

Quero festa, quero beber, quero encontros de um dia e não ter que alimentar egos alheios. Quero liberdade, quero dançar sem ter ninguém para me regular, quero beber até meu fígado dizer que não dá mais, e se der PT, só esperar mais cinco minutinhos e tô na pista com um drink de novo, e novamente com o cara mais gato da festa, e por favor que não seja o mesmo da noite anterior, quero conhecer novas bocas -risos-.

Não se culpe, não estou fazendo isso por você, e sim por mim, pois me doei de corpo, alma e copo para você, fui essa mulherão da porra, e você não soube cuidar. Agora decidi que vou deixar todos me cuidaram, cada festa um, cada noite um, pois ao contrário de você, eu sei escolher muito bem.


Escolha mais um texto

0 Comments