Uma carta para Brunny


Relutei bastante antes de escrever essa carta, talvez por não querer relembrar tudo que um dia passamos, mas foi ai que realmente percebi que nunca esqueci, e tudo bem, não é algo que dói, não é algo que foi ruim, foi a minha história de conto de fadas da vida real, teve brigas, teve ciumes, teve amor, cumplicidade e carinho, e por isso até hoje eu não esqueci de nada que vivemos, tenho algumas cartas que não foram publicadas, alguns texto nesse mesmo lugar, e em o brilho do meu olhar só de pesar em você.

Você nunca foi fã de exposição, nunca foi de demonstrar nada em publico, e mesmo assim sempre venho aqui e falo sobre você, sobre quem é você por que ninguém sabe o quão maravilhoso você foi e é em minha vida, talvez por isso você ganhe até alguns fã clube. Mas eu ainda sentiria ciumes, então não façam ok? Que esse príncipe seja apenas o meu, mesmo que esteja no futuro com outra, com os filhos,ou sozinho que faz bem mais a sua cara.

Você é alma livre, mas que sempre busca um par, e nessa louca aventura que chamamos de vida nós nos encontramos, dois impares que realmente se tornaram par, lembro nitidamente de tudo, e o mais incrível que já se passaram quatro anos e o mesmo brilho que tive a primeira vez, permanece.
Até as musicas clichês que eu falava que era nossa, elas estão salva na minha playlist do spotify em oculto para que ninguém roube elas de mim, como o destino tirou você de mim.

Aprendi a lidar com essa saudade que tenho de você diariamente, aprendi a dançar conforme a musica, e não dói mais. Você é a minha pessoa favorita no mundo, é sempre a primeira pessoa que penso quando algo de extraordinário me acontece, ou quando mais uma vez eu fiz besteira. É sempre você a pessoa que me vem a mente toda vez que sento na beira da praia e olho o mar e a lua.
Você sempre será essa pessoa em minha vida, você sempre terá o seu lugar em meu coração.

Mas essa carta é para dizer que por mais que eu sinta esse amor e carinho tão grande por você, sei que jamais seremos um casal novamente e eu já estou lidando muito bem com isso, achei que demoraria uns vinte anos até de fato conseguir me sentir leve falando de você.
E ao escrever essa carta percebi que brunny nunca irá acabar, e porque deveria parar de escrever sobre, né?

Você será muito feliz, com alguém ou sozinho, mas deixe que alguém consiga conquistar seu coração, que derrube esses muros que você vem criando ao longo do ano, e deixe alguém te amar como ou até mais do que eu te amei um dia. Você é o homem ideal para alguém, se permita encontrar, ou se já encontrou essa pessoa que te ame do jeito que você é, não a perca. Como sempre disse, você é único.



Com amor;
eu.






0 comentários:

Postar um comentário

My Instagram