Me declaro uma louca alucinada em nós

"Talvez não acreditar que teve um fim seja menos doloroso."


Acho que estou louca, ou passei a acreditar em reencarnação, ou apenas estou louca. Não é loucura acreditar que ainda não acabou, afinal eu sinto seu perfume em cada esquina. Uma dupla sertaneja lança uma musica e parece que encaixa perfeitamente na nossa história. Viu! fiz de novo, "nossa" história. Devo estar meio paranoica em acreditar que não teve  fim, ou talvez  não acreditar que teve fim seja menos doloroso.

Você deixou um vazio E-N-O-R-M-E, tenho vontade de gritar aos quatro ventos que o vazio que você deixou  ninguém conseguiu preencher, mas se eu fizer isso todos pensarão que estou  louca, alucinada, e talvez eu esteja, mas o motivo é apenas por acreditar que ainda não acabou.
Um amor de vida passada? Um amor verdadeiro? Um amor igual da novela das 19hr que o amor é verdadeiro, mas não podemos ficar junto pois é perigoso. Não adianta me chamar de louca agora, avisei no inicio do texto dessa possibilidade (risos). Mas cá entre nós, essa seria uma pela explicação, não concorda? Tudo bem, sei que novelas são apenas frutos da imaginação de alguns autores, mas acreditar na "nossa história" também é.

Preciso marcar um psicologo, ou até ir nessas mulheres que prometem trazer a pessoa amada em três dias, já ouviu falar? Quem sabe assim ela traz você de volta. E se ela não trouxer você de volta, eu me declaro uma louca alucinada em nós.

Escolha mais um texto

0 Comments