Um texto sobre nada, contando nada, em um momento que me sinto um nada.


Não sei por onde deveria começar, para dizer a verdade não sei se devo fazer mesmo esse texto. Já fiz vários, já apaguei vários, mas o vazio ainda está aqui.

Essa noite foi diferente, sentei em minha cama e comecei a chorar quase que do nada, sabe? Fiquei pensando por alguns segundos por que estaria chorando em um sábado a noite, sendo que poderia estar em uma festa, talvez bebendo todas ou apenas dançando. A resposta ainda não sei, procuro por elas a todo instante, mas ela se escondem de mim, por que será?

São 01:10 am, e aqui estou eu, tentando procurar uma solução por estar chorando em uma sábado a noite. Lembro de uma festa que nesse mesmo horário eu estava dançando, e digo mais, teve outra festa que eu estava cuidando de uma amiga que acabou bebendo demais por causa de um coração partido e por alguns segundos tive inveja dela, sabe o por quê? Por ela mostrar que estava de coração partido, já que eu nunca tive tal coragem. Agora são 01:14 am e sabe que musica estou escutando ao fazer esse texto? Tenho certeza que não, mas é a Yesterday - The Beatles, e olha que não escuto Beatles fazia muito tempo. "All my troubles seemed so far away, now it looks as though they're here to stay."

São 01:22 am e por um momento me faltou palavras, imaginei algumas cenas na minha mente, e voltei a escrever. Meu irmão já pediu para que eu apagasse a luz, está na hora de dormir, mas como explico que estou com insonia? Se eu falar que estou com insonia ele irá perguntar o porquê, e eu não admitiria nem com uma arma na cabeça que é por você. Agora estou escutando John Lennon - Imagine.
Hoje é uma noite fria, mas não só de clima que digo. Está quase congelando, faz quantos anos já? talvez eu ainda não tenha superado. Sabe as loucuras que andei fazendo? Repetiria todas se elas não me deixasse com essa sensação de vazio, de pessoa incompleta. Por que estou dizendo isso? Acho que abusei dos remédios para dormir de novo, as coisas estão rodando, ou será só minha imaginação? Sabe que musica estou escutando agora? Tenho certeza que não, mas é aquela que você odeia, admito que ela me faz chorar,e nesse exato momento caiu uma lagrima em meu teclado. "All of the things that I want to say Just aren't coming out right"

 Acho que estou confusa, pela primeira fez estou dando voz ao meu vazio, um vazio que por muito tempo eu consegui esconder, e agora? Minha consciência está dizendo que será como as outras noites, será como se eu tivesse enchido a cara de bebida e tido amnesia, e diga-se de passagem, isso funciona que é uma beleza. Mas quem se importa? Fiz um texto sobre nada, contando nada, em um momento que me sinto um nada, irônico não acha? Quero ter abstinência do que estou sentindo agora, você é uma droga, ah como é uma droga, e eu? Eu sou uma mera viciada que jurou que não pensaria, escreveria ou imaginaria, e aqui estou eu, 01:37am tentando me convencer que não passei meu sábado a noite de pijama, e chorando por você.

Te contei que dispensei dois caras, uma festa, e dormir na casa da minha melhor amiga para ficar em casa? Mas não sabia que iria passar a noite de pijama e chorando, ah se eu soubesse estaria completamente embriagada nesse momento, se já não estou. Iria tentar te ligar e dizer o que me viesse a cabeça, posso não ser tão previsível assim.

Quer saber? cansei de falar desse vazio, ou melhor, cansei de sentir esse vazio. Amanhã irei ler esse texto e ter a certeza que ele nunca será publicado, e se um dia ele for, direi que inventei tudo, ou posso dizer que foi verdade, tanto faz. Tanto faz você, esse vazio e esse texto. Agora são exatamente o momento que me dei conta que esse vazio não pode ter voz, e a musica que estou escutando será um segredo, mas estarei esperando por um momento para poder dizer. 

1 Comentários